26/8/2019 Dicas de tratamento


PISCINAS ABANDONADAS SÃO CRIADOUROS DO MOSQUITO
 
Uma dúvida muito comum que ocorre  é sobre os cuidados que devem ser tomados com a água da piscina para evitar a proliferação do mosquito.
 
O tratamento da água da piscina deve ser continuo o ano todo, mesmo em baixas de temperatura ou em longos períodos de chuva, quando a utilização é pouca ou quase nenhuma. A água deve estar dentro dos parâmetros de cloro livre sendo analisada regularmente. A filtração da água e a limpeza da borda também não podem ser abandonadas.
 
Imóveis com entulho e piscinas sem tratamento podem ser multadas. Agentes de saúde podem entrar em imóveis públicos e privados abandonados para fazer vistoria e autuar proprietários em caso de abandono de piscina e descuido com entulhos e água parada.
 
Através de denúncias da população os agentes de vigilância epidemiológica fazem visitas e conversam com os proprietários verbalmente e dão um prazo de sete dias para solucionar o problema. Se no prazo cedido o problema não for resolvido o proprietário é autuado por crime ambiental. 
 
Em casas ou terrenos abandonados os agentes podem entrar com  ação na justiça e obter liminar para invadir o local e inspecionar todo o terreno a procura de focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti. Encontrando  problemas o imóvel incorre em infração pelo registro de IPTU.  O valor das multas variam em cada município podendo chegar até 5 mil reais.
 
banner dengue
 
 
 

 


COMPARTILHE:

Copyright © 2018 GENCO® | Todos Direitos Reservados

www.genco.com.br | www.gencopet.com.br | www.aquatrat.ind.br