BLOG Pool-life | 7/2/2019


CUIDADO. CRIANÇAS NÃO SÃO À PROVA D'ÁGUA !

 

Previna-se contra acidentes. A segurança dos pequenos na piscina e ao seu redor requer preocupação constante. Alguns cuidados são essenciais e evitam grandes dissabores para toda a família. 

 
 
A piscina pode proporcionar horas de lazer e relaxamento à família. Ver a participação sempre ativa das crianças na piscina é algo que vale a pena. Mais importante ainda é saber que elas estão seguras com sua diversão ou prática de esporte aquático. 
 
As estatísticas mostram que crianças abaixo de cinco anos estão mais propensas a sofrer acidentes na piscina devido à idade e reações ou a falta delas nas situações de perigo. 
 
Os especialistas em segurança na piscina afirmam que, em primeiro lugar, nenhum método ou sistema de segurança na piscina pode substituirá supervisão pessoal de um adulto. O contato visual com os pequenos na água ainda é a maneira mais eficiente de se evitar acidentes. Mesmo que por alguns instantes, não deixe as crianças sozinhas na piscina, ainda que elas saibam nadar, pois em momentos de perigo, elas podem não saber usar suas habilidades.
 
 
OUTROS CUIDADOS PODEM SER TOMADOS: 
 
Grades ou Cercas
Grades ou cercas isolam a área da piscina, desde que na altura adequada e com fechos auto-travantes não acessíveis aos pequenos. 
 
Capas para cobertura de piscinas 
Existem diversos tipos de capas para piscina no mercado, mas não pense que todas são de segurança. Analise cuidadosamente, certifique-se de que o modelo escolhido atende as suas necessidades de segurança e siga as instruções para que essa segurança esteja sempre ativa. 
 
Equipamentos de Segurança 
Todos os equipamentos de segurança como boias, cabos com gancho e outros, devem estar próximos à piscina, visíveis e em bom estado para uso em emergências, não só para crianças como para adultos em dificuldades. 
 
Marcação da parte rasa e funda da piscina 
Como normalmente as piscinas possuem uma parte mais rasa e outra mais funda, um cabo ou cordão esticado poderia ser colocado na parte onde a piscina vai se tornando mais funda para limitar a área dos pequenos banhistas à parte rasa da piscina. 
 
Alarmes 
Alguns proprietários de piscinas se utilizam de pequenos alarmes nas portas de saída da casa e também na própria piscina para prevenilos se alguma criança sozinha abre a porta ou se aproxima da piscina inadvertidamente. 
 
Brinquedos e infláveis 
Os brinquedos infláveis devem estar fora da piscina, guardados, quando não estiverem cm uso para não chamar a atenção das crianças. Os brinquedos infláveis precisam ser mantidos em bom estado e usados sob a supervisão de um adulto, pois eles podem murchar e trazer riscos às crianças. 
 
Portas e Janelas 
As portas e janelas que dão acesso à piscina devem estar fechadas e trancadas quando nenhum adulto estiver utilizando a piscina. 
 
Produtos Químicos em geral 
Mantenha sempre em suas embalagens originais, fechadas, fora do alcance de crianças
 
Natação 
Ensinar as crianças a nadar é uma forma de evitar acidentes. Consulte um especialista para saber a idade adequada de ensinar natação às crianças e ajudá-las a entender que o fato de saberem nadar não as torna livres de acidentes se elas não seguirem as regras para sua prevenção na piscina, como não empurrar os coleguinhas na água, não correr nas bordas da piscina, não mergulhar na parte rasa. 
 
 
Informações de Emergência 
Mantenha as informações de emergência próximas à piscina. Por exemplo, os números de telefone dos bombeiros, de um parente próximo ou vizinho, assim como informações sobre os sinais vitais e técnicas de recuperação para crianças ou pessoas que tenham sofrido algum acidente. 
 
 
Com estas informações de prevenção de acidentes, prevalece sempre o bom senso e cuidados especiais para se continuar gozando de momentos agradáveis com as crianças na piscina. 
 

 
fonte: Pool-life Edição:42

COMPARTILHE:

Copyright © 2018 GENCO® | Todos Direitos Reservados

www.genco.com.br | www.gencopet.com.br | www.aquatrat.ind.br