Revista Pool-life | Edição 67


PARA QUE NÃO APRESENTEM RISCO A SAÚDE DO USUÁRIO, OS ALGICIDAS, FUNGICIDAS E DESINFETANTES UTILIZADOS EM PISCINAS PASSAM POR CRITERIOSA VISTORIA DA ANVISA, AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. SAIBA MAIS SOBRE O IMPORTANTE PAPEL DESTE ÓRGÃO.
 
 
Irritação na pele ou nos olhos, infecção bacteriológica intestinal, infecção fúngica na pele ou até mesmo deterioração acelerada dos equipamentos podem ser sinais de irregularidades nos produtos que você utiliza em sua piscina.
 
Antes de chegar às prateleiras das lojas, os desinfetantes, algicidas e fungicidas para piscina são regulamentados — em âmbito federal — pela Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Para a concessão do registro, são analisadas a toxicidade e a eficácia desses produtos. “Verificamos, principalmente, a. formulação do produto e se os componentes e concentrações declarados atendem à norma técnica vigente. Além disso, observamos a parte toxicológica e o modelo do rótulo”, explica Andersem Santos de Morais, assessor administrativo da Gerência-Geral de Saneantes da Anvisa. Nos âmbitos estadual, distrital e municipal, são examinadas as condições em que os produtos são fabricados e comercializados, ou seja, é feita uma análise fiscal.
 
Além de analisar os saneantes, a Anvisa regulamenta alimentos, medicamentos, cosméticos, serviços e produtos para a saúde (equipamentos, instrumentais, entre outros). A normalização de produtos para piscina integrou o grupo a partir de década de 1970.
 
Para que o produto possa ser comercializado, “o fabricante deve obter a autorização de funcionamento junto à Anvisa e o alvará sanitário junto à vigilância sanitária estadual. Em seguida, a empresa protocoliza o processo de solicitação de registro do produto que pretende comercializar”, acrescenta Morais. A concessão do alvará sanitário de fabricação do produto é realizada anualmente pelo Estado, mas em virtude de denúncias ou reprovação de produtos em análises fiscais, pode ser feita a qualquer momento. Em alguns casos, a Anvisa pode auxiliar as inspeções.
 
A revalidação do registro é feita pela Anvisa a cada cinco anos mas, ao sinal de alguma irregularidade, a empresa pode ser acionada para a realização de novos testes.
 
Assim como a composição do produto, outro item de extrema importância na averiguação é a embalagem. “São analisados o material da embalagem e sua compatibilidade com a formulação do produto; os critérios de segurança, como abertura da tampa e ruptura, a fim de evitar acidentes, principalmente com crianças”, frisa Morais. Na embalagem, o fabricante deve alertar o consumidor de que o produto deve ficar fora do alcance de crianças e animais domésticos e o que deve ser feito em caso de acidentes. “As informações sobre o uso correto do produto, o equipamento apropriado para o manuseio, quando necessário, e as diluições devem estar bem claras na embalagem”, completa Morais.
 
Para o consumidor, o assessor administrativo da Gerência-Geral de Saneantes da Anvisa dá uma dica: “Sempre que for comprar um produto químico para piscina dentre os regulamentados (algicidas, fungicidas e desinfetantes), verifique se ele tem registro na Anvisa, se a venda é livre ou de uso profissional, e, por último, se as instruções de uso estão claras”, indica Morais.
 
Ações de conscientização do consumidor, segundo Morais, também são de extrema importância para que as empresas com produtos registrados possam alertar sobre o uso correto do produto químico, o manuseio e a conservação. A GENCO®, por exemplo, realizou dois cursos em Suzano, interior de São Paulo, em parceria com a Vigilância Sanitária local.
 
Voltados para o pessoal especializado em piscina— entre os tratadores de clubes, academias, hotéis e condomínios da região—, os cursos abordaram temas como a manutenção da água da piscina e os cuidados necessários no tratamento de uma piscina de uso coletivo.
 
Thaís Lauton
 
ATENÇÃO
 
Alguns produtos para tratamento da água de piscina, requerem registro no Ministério da Saúde, neste caso, o número do registro deverá constar no rótulo da embalagem.

 


COMPARTILHE:

Copyright © 2018 GENCO® | Todos Direitos Reservados

www.genco.com.br | www.gencopet.com.br | www.aquatrat.ind.br