MATERIAS

FIQUE POR DENTRO DO MUNDO DAS PISCINAS

Biquíni e sua história no Brasil




A editora de moda e jornalista Lilian Pacce, lançou seu mais novo livro, O Biquíni Made in Brazil (editora Arte Ensaio), que tem projeto gráfico de Giovanni Bianco. 
Apesar de ser uma invenção francesa, de 1946, o biquíni brasileiro é o grande objeto de desejo das mulheres do mundo todo – e referência de qualidade, reconhecido e admirado internacionalmente. E foi essa constatação que levou Lilian a aprofundar seus estudos sobre o tema.
 
Considerada uma das mais importantes profissionais de moda do mundo, Lilian se dedica à pesquisa do assunto há mais de 10 anos. 
 
O livro é uma obra leve e bem-humorada, repleta de curiosidades e informações que, além de contar toda a trajetória da peça que completou 70 anos em 2016, valoriza a relação dos brasileiros com o traje, as mudanças de costumes e hábitos ao longo dessas décadas e pontua os principais fatos numa didática linha do tempo. 
 
De Leila Diniz à supermodelo Gisele Bündchen. Do verão da tanga até a profissionalização das marcas de moda praia – tudo é mapeado pela autora.
 
O novo livro O Biquíni Made In Brazil traz ainda aspectos antropológicos relacionados ao uso das duas peças. Por exemplo, a origem da tanga, que data do descobrimento do Brasil. Quando os portugueses chegaram ao País, em 1.500, ficaram assustados com a nudez dos índios, que se cobriam com uma vestimenta mínima. Era a tanga, que se transformou bastante até chegar às areias e ir parar nos guarda-roupas das brasileiras. O capítulo que conta a história da peça apresenta fatos interessantes. Até hoje, cada povo tem a sua, com variações de cores, tecidos e tamanhos. Além dos aspectos antropológicos, a autora Lilian Pacce explica os cenários em cada fase da história do biquíni. "Moda vai muito além da roupa. É comportamento e retrato de uma época", diz. Em um trecho, ela conta que no período da ditadura militar no Brasil, entre 1964 e 1985, a imagem da mulher sensual e despida foi vendida para o mundo todo, assim como a de uma população feliz e solar. Foi aí que as brasileiras se tornaram conhecidas como símbolos sexuais. "O maior problema dessa fase foi o turismo sexual. Temos até hoje essa herança”, afirma Lilian.   
 
CURIOSIDADE
O biquíni foi inventado na França em 1946, enquanto testes com a bomba aconteciam no atol de Bikini, nas Ilhas Marshall, no Pacífico, e dois estilistas disputavam a autoria do ousado traje. O designer Jacques Heim inventou um modelo chamado “átomo”, que disse ser a menor roupa de banho do mundo. Depois, o engenheiro e estilista Louis Réard apresentou uma versão ainda menor e a batizou de “bikíni” - nome que ganhou repercussão e acabou batizando as peças. 
 
A AUTORA
Lilian Pacce é apresentadora e editora-chefe do GNT Fashion, programa de moda semanal exibido pelo canal GNT, e publisher do site Lilian Pacce, portal de Moda, Beleza e Comportamento. Foi editora de moda da Folha de S. Paulo, do Jornal da Tarde e do Estado de São Paulo. É autora de diversos livros, entre os quais “Pelo Mundo da Moda – Criadores, Grifes e Modelos” (ed. Senac), “Ecobags – Moda e Meio Ambiente” (ed. Senac), “Herchcovitch; Alexandre” (ed. Cosac & Naify) e “Dicionário Adesivo para brincar, colar e pintar” (ed. Ática). Segundo o site especializado “Business of Fashion”, Lilian está entre os 500 profissionais de moda mais importantes do mundo e já ganhou dois prêmios como melhor jornalista de moda do Brasil.