Revista Pool-life | Edição 72


Revista da Piscina – Nº72 – Outono / 2009.

 

Aquecimento solar é alternativa barata e ecologicamente correta

Por Camila Lucchesi

Em países como o Brasil, onde o sol é abundante durante a maior parte do ano, os aquecedores solares são uma excelente alternativa aos sistemas convencionais. Mas mesmo os locais mais frios têm apostado cada vez mais essa tecnologia por seu caráter ecologicamente correto. Afinal, em tempos de aquecimento global, o fato de se tratar de uma fonte de energia renovável, gratuita e não poluente é uma grande vantagem desse tipo de sistema.

Ideal para academias e piscinas para fisioterapias, o sistema também pode ser empregado em projetos residenciais. Nesses casos, além de estender o uso da piscina aos meses mais frios e assegurar uma economia significativa na conta de eletricidade, o aquecimento solar ainda valoriza o imóvel. Taí, por que não?

 

Como funciona?

A luz do sol é captada pelos coletores solares, placas vitais para o funcionamento do sistema e geralmente instaladas nos telhados. O equipamento transforma a luz solar em energia térmica, que é transferida para a água com a ajuda de uma bomba hidráulica. A quantidade de coletores varia de projeto para projeto, pois ela depende do tamanho da piscina e da região onde o sistema será instalado. Os reservatórios térmicos ou boilers, essenciais para os sistemas de aquecimento residencial para banho, não são necessários nesse caso. A própria piscina funciona como reservatório para a água aquecida.

É recomendável utilizar capas para reduzir a perda térmica e contar com um sistema auxiliar para complementar o aquecimento da água em dias consecutivos de baixa insolação. Também é interessante contar com um controlador eletrônico temperatura, acessório responsável pelo acionamento da bomba hidráulica. Confira as novidades desse mercado e aposte nessa ideia.

 

1. Coletor Solar HelioPool – Heliotek (fotos abertura da matéria)

Os coletores solares para piscina HelioPool foram projetados para atingir sua máxima eficiência em altas vazões de água e temperaturas pouco superiores a ambiente (26°C - 32°C), condição padrão para piscinas. Seus tubos distribuidores garantem um fluxo ótimo de água. Conta ainda com o sistema de engate rápido, que facilita a instalação.

 

2. Coletor solar Porto Seguro – Transsen

Lançado na Feicon Batimat 2009, esse modelo de coletor solar foi criado para atender às necessidades específicas das regiões litorâneas. Possui uma tecnologia exclusiva, que confere versatilidade ao produto e garante resistência a ataques químicos decorrentes de maresia e de águas corrosivas. O isolamento térmico reforçado assegura melhor resistência mecânica e melhor rendimento térmico, tanto em banho como na piscina.

3. Capa térmica líquida Aquablue

A Capa Térmica Líquida AQUABLUE utiliza-se de nanotecnologia para formar uma camada monomolecular e invisível sobre a superfície da água da piscina, que reduz sensivelmente a evaporação e consequente perda de calor, 40% ou mais. Desta forma, rende em economia de energia utilizada para o aquecimento, e em piscinas cobertas, reduz a umidade do ambiente, prevenindo a corrosão. Ideal para piscinas aquecidas acima de 24°C, é biodegradável.

 

4. Capas térmicas modular Inflável – Hélio Flex

HelioFlex (foto) é uma capa térmica modular inflável para qualquer tipo de piscina. Fabricada com mantas duplas de vinil, resistentes aos raios UV e cloro, ela minimiza as perdas térmicas por evaporação e convecção, que correspondem a 71% do total, aquecendo a água da piscina e mantendo o ganho direto de energia. Segundo o fabricante, não existem riscos de eventuais quedas de pessoas ou animais, ao contrário do que acontece com as capas térmicas em plástico bolha, por exemplo. Produzida em PVC, a capa promete ser três vezes mais durável do que as convencionais.

Produzido em filme plástico de polietileno, com bolhas que flutuam sobre a água, o modelo produzido pela Transsen tem tratamento contra os raios ultravioletas e conta com aditivos antioxidantes. Promove a diminuição da perda de calor nas piscinas, tem baixo custo na instalação, reduz o consumo de água e facilita o trabalho de limpeza.

 

5. Controladores analógicos de temperatura – Transsen

O Termostato Analógico da Transsen é responsável pelo controle do acionamento de centrais térmicas. Possui aquecimento auxiliar, anéis de recirculação de água quente, ajuste de temperatura de operação e ajuste de diferencial para ligar. A empresa também fabrica o Termostato Diferencial Analógico, destinado ao acionamento da bomba hidráulica. Com ajuste de temperatura de operação e ajuste de diferencial para ligar e desligar, esse equipamento oferece função anticongelamento.

 

6. Controladores digitais de temperatura – Transsen

Desenvolvido pela Transsen em dois modelos, o equipamento facilita o controle sobre o sistema. O Solar Hot é um controlador eletrônico de diferencial de temperatura que trabalha em um único modo de programação e garante o acionamento da bomba de circulação nos coletores solares. Já o Solar Control tem design moderno e pode operar em três modos diferentes. A primeira função privilegia o funcionamento como termostato digital com timer para acionamento automático dos sistemas. O segundo modo automatiza a bomba de circulação a partir da diferença de temperatura entre os sensores do coletor e reservatório. A terceira função permite aplicar as duas modalidades simultaneamente.

 

 

 

Onde encontrar:

Aquablue

Fone: 11 2146-2174

Site: www.aquablue.com.br

 

Heliotek
Fone: 0800-148333
Site: www.heliotek.com.br

 

Transsen

Fone: 0800-7737050

Site: www.transsen.com.br 


COMPARTILHE:

Copyright © 2018 GENCO® | Todos Direitos Reservados

www.genco.com.br | www.gencopet.com.br | www.aquatrat.ind.br