Revista Pool-life | Edição 67


No inverno o desinteresse por piscinas não aquecidas, principalmente nas regiões sul e centro-sul do país, faz com que a manutenção das mesmas diminua, até ser esquecida.
 
Mas se você quer garantir conforto e tranquilidade para os dias quentes e o lazer das horas de folga do próximo verão, este é o momento de fazer um verdadeiro check-up na sua piscina, além de um tratamento adequado. Muitas vezes, por economia ou comodidade, algumas piscinas são esvaziadas ou simplesmente abandonadas cheias, sem nenhum tratamento, no período de inverno.
 
É importante saber que as consequências podem ser desastrosas: podem aparecer rachaduras, às vezes irrecuperáveis, águas com todo tipo de micro-organismos aquáticos transmissores doenças, além do entupimento nos canos, que pode dificultar inclusive o esvaziamento da piscina para a troca da água. O proprietário consciente deve precaver-se contra práticas danosas aos seus interesses. Para isso, vamos destacar os procedimentos corretos a serem seguidos e, principalmente, os que devem ser evitados.
 
NÃO ESVAZIE A PISCINA NO INVERNO
 
Quando a piscina está vazia, as paredes e o fundo ficam expostos às intempéries, sofrem repetidas contrações e expansões provocadas pela variação da temperatura; a queda da temperatura provoca a expansão do solo que circunda a piscina, o que se traduz em pressão sobre as suas paredes de fora para dentro. Essas pressões, que ocorrem diariamente, acabam provocando rachaduras nas paredes e no fundo da piscina. Algumas rachaduras muito finas podem inclusive passar despercebidas e, quando a piscina for enchida novamente, a água se infiltrará pelas mesmas, podendo até minar o terreno adjacente à piscina.
 
Rachaduras no concreto de uma piscina são muito difíceis de reparar devido aos problemas de liga do concreto já curado. Há casos que exigem a construção de uma nova piscina dentro da antiga.
 
Lençóis de água subterrâneos podem aflorar sob pressão em certos terrenos (pressão de baixo para cima). Esses afloramentos são capazes de fazer flutuar uma piscina inteira, quando vazia, ou somente sua parte mais leve, causando rupturas no concreto e tubulações.
 
Quando a piscina está cheia, o peso da água se equilibra com as pressões existentes, evitando qualquer dano.
 
Ainda há outra vantagem que deve ser considerada numa piscina cheia: ela se transforma em um reservatório de água para a eventualidade de um incêndio.
 
NÃO ABANDONE O TRATAMENTO DA ÁGUA
 
A água sem tratamento, mesmo durante o inverno, se deteriora com o desenvolvimento de algas, bactérias, fungos, etc., causando problemas desagradáveis como mau cheiro, aparência comprometida, riscos para a saúde, entre outros.
 
A finalidade da piscina não é só esportiva e recreativa. Ela é também um elemento decorativo que valoriza o ambiente e o próprio imóvel, além de, enriquecer a paisagem no entorno. Portanto, se sua aparência não for cuidada, todas essas características positivas assumem valores negativos.
 
COMO CUIDAR NO INVERNO
 
O tratamento que deve ser feito na água, no inverno, basicamente é o mesmo do verão, apenas em uma frequência menor, assim como as dosagens dos produtos químicos utilizados. É muito importante seguir alguns passos como:
 
 – Analisar a Alcalinidade total com o Estojo de Testes AT® e ajustá-la se estiver fora da faixa recomendada ao tipo de cloro escolhido. Para elevar, use pH CERTO® Alcalinizante GENCO® Granulado e para baixar, use pH-MENOS® Ácida GENCO® Granulado.
 
 – Analisar o pH e o residual de cloro com o ESTOJO DE TESTES CL/pH®e, se fora da faixa recomendada, ajuste-os para a faixa ideal. Utilize pH+MAIS° Base GENCO® Granulado para aumentar o pH ou pH-MENOS® Ácido GENCO® Granulado para baixá-lo.
 
 – Sempre que os resultados revelarem residuais de cloro livre fora da faixa ideal, ajustes devem ser feitos na dosagem de cloro ou nos equipamentos de cloração para que essa faixa seja atingida e mantida.
 
 – Se desejar mudar o tipo de cloro que está utilizando, identifique aquele mais adequado ao seu perfil e conveniência. Pode ser uma opção interessante o uso de GENCLOR® Cloro Estabilizado GENCO® Tabletes e um clorador flutuante nessa época. Isso minimizará o controle da cloração; se for combinado com a operação de um programador horário para ligar e desligar a filtração diariamente, o tratamento em geral será drasticamente reduzido. 
 
CAPAS
 
As capas de piscinas são úteis para proteger a água contra o acúmulo de sujeiras como folhas, poeira, insetos, que são trabalhosos de remover e podem causar manchas por causa do contato prolongado com as superfícies submersas. Portanto, o uso da capa diminui o trabalho com aspiração, além de proteger  a piscina dos resíduos das chuvas, que acabam infestando a piscina de algas e desajustando sua alcalinidade e pH. Porém, não elimina a necessidade do tratamento químico da água.
 
LIMPEZA FÍSICA
 
Geralmente, o tempo de filtração diária pode ser reduzido à metade ou até um terço, sem perda para a qualidade da água. 
 
A limpeza física, como aspiração, peneiração, escovação e limpeza dos cestos pré-filtro, deve ser executada quando necessária.
 
Os equipamentos que não forem utilizados, como peneira, escovas, entre outros, devem ser guardados em local seco e bem ventilado, para mantê-los preservados para a utilização na temporada seguinte.
 

 

COMO DEVE SER FEITO O TRATAMENTO NO INVERNO

 

 

Operação

 

 

Faixa Ideal

 

 

Dosagem

 

Frequência

 

Filtração

 

 

2 a 6 horas

 

Diariamente

 

Limpeza física

 

 

 

Conforme necessário

 

Alcalinidade Total

 

80 a 100 ppm

(Pool-Trat Cloro Granulado Genco ou Gerador de Cloro Genco)

 

100 a 120 ppm

(GENCLOR Cloro Estabilizado, Granulado ou Tabletes)

 

 

1 vez por mês

 

Análise e controle do pH

 

 

 

7,4 – 7,6

 

1 vez por semana

 

Análise do residual de Cloro

 

2 – 4 ppm

 

1 vez por semana

CLORAÇÃO DE MANUTENÇÃO

 

 

Genclor Cloro Granulado

 

Pool-Trat Cloro Granulado

 

Genclor Tabletes

(Cloração contínua)

2 – 4 ppm

 

 

 

 

3 g/m3

 

 

6 g/m3

 

 

200 g/30 m3

(1 Tablete de 200 g para cada 30 m3 de água)

 

 

 

 

 

1 vez por semana

 

 

1 vez por semana

 

 

1 vez por quinzena

 


COMPARTILHE:

Copyright © 2018 GENCO® | Todos Direitos Reservados

www.genco.com.br | www.gencopet.com.br | www.aquatrat.ind.br