MATERIAS

FIQUE POR DENTRO DO MUNDO DAS PISCINAS

Piscinas com bordas infinitas




Adiferença básica entre piscinas com bordas infinitas e piscinas convencionais está na borda, que necessita de inclinação e causa o transbordamento da água, criando a sensação de infinito.  
 
O principal pré-requisito para projetar uma piscina com borda infinita é a irregularidade do terreno ou a variação de altura entre o nível da piscina e do solo, em que o primeiro deve ser sempre mais elevado do que o segundo. Além disso, uma bela paisagem ao fundo é a condição perfeita para o uso deste tipo de borda. 
Arquitetos alertam que não é apropriado projetar este tipo de piscina em locais fechados, sem horizonte, pois assim o conceito de continuidade da borda infinita se perderá. A utilização também é impraticável em situações onde a piscina não possa ter o nível elevado em relação ao terreno. 
 
PROJETO
O mais indicado para estrutura desse tipo de piscina é o concreto armado, que deve ser impermea-bilizado. Esta piscina deve ter uma calha, tanque de captação perto da casa de máquina e, se possível, bomba exclusiva para que a água que transbordou seja captada e retorne ao filtro. Essa água que transborda cai na calha, também de concreto armado e impermeabilizada, localizado em um nível mais baixo do que a borda infinita, e é levada através de tubulações para um reservatório, onde é bombeada de volta para a piscina. Lembrando que as piscinas com bordas infinitas, quando não estão em uso, têm suas bordas normalmente secas. 
 
ACABAMENTO
Sobre as novidades em materiais e pastilhas que integram a piscina à paisagem local, as pedras naturais são bastante decorativas, mas deve-se atentar para os tipos que têm baixa porosidade e bom desempenho dentro da água. Há pastilhas 
de todos os tipos, muitos lançamentos com dife-rentes opções, modelos antiderrapantes e cores exclusivas. 
É uma boa ideia usar cores diferentes, pois, há casos de lindas piscinas com tons de verde, amarelo e até vermelho, lembrando que a calha deve ser revestida com o mesmo material usado para o revestimento da piscina. A integração com a paisagem depende do conceito e objetivo do projeto. O acabamento ideal para maximizar o efeito de borda infinita tem de ser feito com material de tonalidade semelhante àquela predominante na paisagem.
 
PREÇO
Segundo arquitetos, a piscina de borda infinita é cerca de 15% mais cara do que as convencionais, pois a borda infinita pressupõe maior consumo de revestimentos, sistema mais completo de calha, retorno e drenagem, e tudo isso aumenta o valor da construção. 
 
CUIDADOS
Os cuidados com as piscinas com bordas infinitas são praticamente os mesmos das convencionais, porém há alguns itens que pedem cuidados específicos, como por exemplo, os ralos da calha abaixo da borda infinita que normalmente ficam em área de pouca visibilidade. É recomendável verificação periódica para evitar entupimento. 
 
Também é necessário prever no projeto onde a água vai transbordar para não molhar todos os ambientes em volta, já que nesse tipo de piscina há essa possibilidade. 
 
Outro cuidado importante é com as crianças, se o desnível for muito grande, para evitar acidentes.
 
Além de valorizar o imóvel e sua arquitetura, a piscina com borda infinita cria a sensação de que a água continua no horizonte e realça o que está ao redor, tornando os momentos de lazer ainda mais prazerosos.
 
MODA OU ALTERNATIVA?
De acordo com arquitetos, a opção da piscina com borda infinita não é questão de moda, e sim uma alternativa de projeto. 
É uma opção que em determinadas situações se torna mais interessante esteticamente do que a piscina com borda convencional. O projeto deve sempre tomar partido das situações que o terreno e o entorno proporcionam, utilizando elementos que valorizem o projeto. A certeza é que o ambiente ficará mais valorizado e que os momentos de lazer em torno da piscina serão muito mais glamurosos.